domingo, 24 de maio de 2009

Passeios de fim-de-semana

Está bom tempo na Holanda! Sim, acima dos 20ºC e com sol! Para português, está bom para passear, mas para holandês já está bom para a praia - ou qualquer coisa que se assemelhe a isso, tipo relvado à beira do IJsselmeer. Ainda não foi desta que fui ver a maravilha da engenharia que separou este "mar" do oceano, mas está na minha to-do list enquanto estiver por aqui...

Desde pequena que tenho um fascínio e adoração por estes edifícios. Quando era pequena descobri - ou, mais provavelmente, a minha mãe apontou-me - um antigo moinho de vento que se avista da via rápida da Costa da Caparica. Religiosamente, esforçava-me por o ver todos os dias - está bem ao longe e apenas é visível durante uns segundos - e ficou conhecido como "o moinho velho". Se, na altura, já era "velho", agora pouco mais é do que uma ruína, se é que não foi abaixo desde a última vez que me lembrei de procurar por esta recordação de infância. Por cá estão todos bem conservados (os que sobram, pois apesar de continuar a haver muitos, muitos mais foram destruídos), como se vê, e todos são obrigados a funcionar uma vez por semana, para não se deteriorarem.

Ora digam lá se não é uma praia de fazer inveja a muitas portuguesas?!? A areia é branquinha e fininha como a da Costa (diminutivos = amor profundo) e a praia é enorme, há areal a perder de vista. O problem é mesmo o mar. Aqui não parece, mas a água não é transparente e azul, e sim baça e amarelada - já me disseram que é por causa de uma alga qualquer, mas em abono da verdade tem mais semelhanças com o Tejo do que com o Atlântico...

4 comentários:

Antígona disse...

Mas é uma bela praia. Em Terscheling as praias também são fenomenais :)
Quanto aos moínhos ainda existe um, recuperado, perto da Caparica. Creio que não o moínho velho mas está muito bonito. Houve quem recuperasse alguns mas a maioria morreu :(

Goldfish disse...

Em abono da verdade, aqui a maioria também morreu... a grande diferença é que havia tantos que a pequena percentagem que sobreviveu traduz-se em centenas de moinhos! Não conheço nenhum moinho recuperado perto da Costa, tenho de investigar. Num outro blog também vi referência às praias de Terscheling, mas tem de ser programa de fim-de-semana, são mais de 3 horas de comboio para cada lado...

Gata2000 disse...

Goldfish - Tuga que se preze tem de ter praia, com direito a sol, areia e mar. As nossas serão sempre melhores, mas pelo menos dá para matar a saudade, e embora a água seja amarela, pensa que podes brilhar no escuro o que irá facilitar a vida a quem te quiser procurar de noite!
Beijinhos

Goldfish disse...

Hum... acho que deixo o brilhar no escuro para os olhos de certos animais, tipo os gatos... Que eu prefiro ir aí molhar a barbatana!