quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Faltam as aspas em bondade

.
Ao pessoal que vai abandonar o cão ou gato e, num rasgo de bondade, deixa ao lado um saquinho de ração: vão badamerda!
.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Não foi mal pensado

.
Os monstros entraram na vida do peixinho e, logo, na minha. Já ando um bocado cansada de ter de ir com ele a todo o lado, colada aos seus calcanhares,  pois "e se há monstros?" Então ocorreu-me dizer-lhe que no meu quarto nunca há monstros. "Porquê?", inquire. Primeira justificação que me surge: por causa da Luna. "Sabes, como ela está a ficar velhinha, agora ressona. E, como os monstros não sabem o que é aquele som horrível, fogem." Ora, agora é ouvi-lo a ressonar pela casa, mas sozinho!
.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

E este blogue chega oficialmente à latrina

.
Como mãe de um crianço tenho um trabalho extra, tantas vezes incompreendido, que é ensinar a diferença entre um urinol e uma sanita. Não a diferença óbvia de formato mas a diferença em termos de posições para o seu uso correcto. Ou seja, na sanita senta-se, no urinol faz de pé. Faça o que fizer, na sanita senta-se. Sim, senta-se. Sim, é rapaz. Não, não vai "virar" menina por isso.
.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Hoje ou amanhã?

.
Ora, com toda a franqueza, nem Halloween nem Pão por Deus. Vade retro!
.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Receitas de fim de semana

.
Em fim de semana que é fim de semana, cozinha-se. E neste fim de semana, além da comida, fez-se bolo e granola. Não tenho fotos, mas deixo os links porque ficaram absolutamente divinais. O bolo, de Mascarpone e limão, é delicioso (mas da próxima vez não lhe ponho baunilha, o sabor do limão chega) e a granola de frigideira foi outro sucesso, só o cheirinho que espalhou pela casa fez logo maravilhas (neste caso só usei aveia, o que tinha em casa, optei pelo aroma canela e em vez de passas pus lascas de coco seco; cortei no azeite, apenas duas colheres). Que delícias!
.

domingo, 23 de outubro de 2016

Nestas alturas gostava de ter mais o que 3 visitantes

.
Se o vosso filho fosse considerado mal educado, o que responde torto até à professora (de base) e até os colegas assim o descrevessem, preferia uma avaliação da escola em que o termo "mal educado" aparecesse ou mais um texto cheio de meias palavras e subentendidos, em que o mais próximo da realidade é a frase "o seu filho desafia muito a autoridade dos mais velhos"?
.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Taras e manias

.
Tenho um vizinho que só perfura de noite. Bem de noite, de preferência. Vai é variando entre o berbequim e o martelo.
.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Estratificação social pelo nome (ou: será que é desta que isto mexe outra vez?)

.
Lia há tempos no Nomes e mais nomes (vide lista de blogues, preguiça de pôr links com o aparelho pequeno) que hoje em dia os nomes estão mais democráticos, que tanto encontramos um Bernardo na Cova da Moura como uma  Noa na Lapa. Pois que eu concordava, até este ano ter a oportunidade de trabalhar numa escola de uma zona brutalmente chiquérrima. Até as educadoras são tias! E gostava (não posso, não posso, os nomes são tão pouco usuais que não dá para publicar) de vos mostrar as listas das turmas que tenho. Há lá coisas que não existiriam sem o "Mello de Andrade Burnham" à frente. Mas uma coisa dá para partilhar e, apesar de comum, nunca com esta frequência: a quantidade de meninos com segundo nome "Maria". Ele é João Maria, José Maria, Duarte Maria, Francisco Maria, Manuel Maria, Sebastião Maria, sei lá! Ainda não os contei (são dezenas...) mas devem ser perto de um terço dos meninos. 
.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Falta de noção


"Nós nem vamos buscá-lo tarde, 6h, 6h30 e vem para casa", disse-me uma conhecida sobre o seu filho de 6 meses.

Não disse "tem de ser", "não conseguimos de outra maneira" ou "não há ninguém que possa ir buscá-lo mais cedo", motivos profissionais ou familiares que, sei bem,  pesam muito. O que me espanta,  o que me choca, o que me irrita profundamente é a falta de noção de que estar num berçário das 8h30 às 18h30 é um horror. É achar que 18h é cedo. É aceitar um horário de 10h para um ser que nem falar sabe.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Ao vivo soa melhor


Hoje não tive tempo de terminar a sopa e, quando o peixinho perguntou do que era, respondi "É de feijão verde pela metade", ou seja, não tinha o feijão,  que cozia ainda na panela.  Respnde o jeitoso,  em plena fase de não quero,  não gosto,  não sei: "eu não gosto de sopa de feijão verde pela metade, buaaá!"


segunda-feira, 6 de junho de 2016

Too much info, I know


Festa ao sábado,  aftas na 2a.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Trabalhar numa 6a feira que é ponte


De manhã é como se fosse 2a. Mas à tarde já é 6a outra vez!

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Das duas, uma


Serei uma personagem blogosférica assustadora? Ou chata?
.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Vidinha difícil

Não  ir a piscina por causa da enxaqueca.  E a falta que aquilo me faz? !

sábado, 19 de dezembro de 2015

Não Gosto

.
Eu tento, mas não dá. Escrevo "todos os aspetos da atividade" e gostava de conseguir ler "todos os aspectos da actividade" mas não. Só consigo ler "aspêtos".
.