terça-feira, 17 de agosto de 2010

Profissionais de que a gente precisa

.
Cabeleireiros que não cortem 1 palmo de cabelo quando pedimos para cortar as pontas;
Nutricionistas que nos digam que emagrecer devagar é que é bom e que não é só perder peso, mas volume;
Ginecologistas que não nos avisem sobre o relógio biológico a cada consulta apartir dos 29;
Médicos de família que não insistam em irmos buscar a pílula, à borla, à consulta de família quando eles próprios nos podem passar a mesma numa receita;
Cozinheiros que não achem que a comida é óptima só porque é pouca, cara e servida num prato digno dos romanos;
Dentistas que não considerem a anestesia um bem raro e a poupar;
Chefes que olhem para os trabalhadores e não vejam escravos;
Técnicos de higiene urbana (vulgo varredores de rua) que não achem que o trabalho deles é recolher o lixo que está no passeio e despejar no areal ali ao lado;
Empregados de supermercado (que nome pomposo terão estes?) que saibam onde estão os bens dentro da loja onde trabalham.
Empregados de mesa (e esta é específica para a Holanda - espero) que não nos venham perguntar se aquele prato foi pedido por nós.
.
E por enquanto é tudo. Mas desconfio que, com tempo e uma caneta e papel à mão para tomar nota, os exemplos encheriam uma folha A4 a letra 12 e espaço simples.

6 comentários:

momentU disse...

a acrescentar à lista:
lojistas que não se comportem como se estivessem a fazer-nos um favor sempre que pedimos ajuda.
lojistas que não se peguem a nós como lapas a perguntar se precisamos de ajuda e atranspirar disponibilidade de cada vez que entramos na loja.
no meio está a virtude!

Goldfish disse...

Sem dúvida, a acrescentar à lista!

Rita Maria disse...

Aos 29 começam a chatear? Help!!!! (Ok, Rita, respira, ainda tens uns mesinhos)(os desejos sobre colegas também é aqui? Preciso de gráficos, webmasters e malta de eventos que nao comece por declarar tudo absolutamente impossível)

Goldfish disse...

Ok, só para ti, eu incluo os gráficos, webmasters e malta de eventos na próxima lista também. Não percebi a história dos 29...

Rita Maria disse...

Eram os teus ginecologistas, os do relógio biológico...

Goldfish disse...

A minha começou o massacre aos 29, é certo. E o resto do pessoal a gente manda ver se estamos na esquina, mas um médico não... Prepara-te para a tua próxima consulta, se só faltam 1s mesinhos para os 29.