quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Na minha mando eu

.
Hoje descobri uma defensora do parto natural. Eu tentei levar a coisa a brincar, com um "parto normal, sim, natural é que não, obrigada!" mas a senhora não se calou. Eu não quero que ela leve com a epidural da próxima vez que vá parir, ainda bem que gostou da experiência, mas porque é que há de quer que eu expulse o girino sem ajuda?!? Se pudesse, levava a epidural até para fazer a depilação, sofrer não é comigo.
.

6 comentários:

momentU disse...

Ha!!! Epidural para a depilação! Como é que ainda não se lembraram disso...

R. del Piño disse...

Sim, és tu quem manda no teu corpo, és tu quem decide. Tem de ser bem dada, ponto. É perigosa, ponto. Mas há-de correr tudo bem. Apesar de ter o colo vazio, na primeira gravidez, porque a bebé já estava grande, os médicos falaram na possibilidade de a tomar. Mas porque o trabalho de parto era para dar à luz uma menina cujo coração não batia, optaram por me dar ópio. Fiquei totalmente drogada, coisa que não poderia acontecer numa situação normal, mas ao menos que eu não sentisse dor. Isso era para o tempo das nossas avós.

macaca grava-por-cima disse...

não me falem em depilação... a sério... é que nem a laser a pessoa se livra de sofrer, god!

Porque é que as pessoas insistem em impor os seus pontos de vista e maneiras de estar aos outros, irra!!! EPIDURAL forever!!!!

macaca grava-por-cima disse...

eu, que estava um pouco renitente em relação à epidural (pq tenho uma série de alergias medicamentosas e temia a reacção), qd a médica apareceu na sala de partos e gozou comigo por causa disse só lhe disse que se o bebé fosse uma menina lhe chamaria "Maria Epidural"

Guilhim disse...

Pois... também conheço uma... a minha mãe!! Não é que seja radical, mas sempre que lhe digo que se puder não dar pelas dores de parto fico bem mais feliz, faz uma cara de reprovação (à primeira ensaiou um discurso mas depois lá me saiu uma resposta semelhante ao teu título) e a coisa não voltou a repetir-se! Estou contigo! A decisão cabe a quem "a" tem!

Goldfish disse...

Essa é que era, não era, momentU? :)

R., claro que é perigoso, o parto também o é independentemente das drogas, e até uma ida ao dentista, com algum azar, te pode levar desta para melhor. Mas cada um que saiba de si!

Grava-por-cima, já ouvi muito nome mas Maria Epidural ultrapassa tudo! E o laser dói...

Guilhim, eu até percebo a opção, mais que não seja por ser claramente melhor para o bebé não vir ao mundo meio anestesiado. Mas conhecendo-me bem, já sei que não vale a pena, eu e a dor não nos damos bem e escuso de ficar traumatizada para todo o sempre.