sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Fingir para quê?

.

Este ano calharam-me uma data de pirralhos de famílias bem, Vicente, Constança e Matilde (não são só três, os nomes é que são sempre os mesmos). E eu trato-os por tu, porque "você" nem o meu avôzinho, por quem nutro o maior respeito. E dou dois beijos a cada, um em cada face, nem que das primeiras vezes me deixem pendurada. Não venho de famílias bem, não me vou esforçar por adquirir tiques aos 32 anos de idade. E pode ser que ainda seja um skill extra para o currículo, "capacidade para mostrar às crianças que existem pessoas com maneiras de estar e reagir diferentes e que não é só a empregada que dá dois beijinhos em vez de um". Desconfio que ainda não é desta que fico rica.

.

3 comentários:

Gata2000 disse...

O que me irrita o segundo beijo que fica pendurado!
E ainda que compreenda as crianças tratarem os progenitores por voçê, embora eu nunca o tenha feito, nem o faça o meu pirralho, não consigo entender os pais que tratam as criançinhas por voçê, é que na altura de lhes gritar, passar o raspanete, castigar e porque não sacudir as moscas no rabo perde-se a compostura e o tratamento por voçê deve atrapalhar, digo eu!

Goldfish disse...

O beijo pendurado é estranho, mas acaba por se resolver rapidamente. O você mexe-me com as entranhas, e, é engraçado, uso-o (regra geral, nas escolas) exactamente quando estou a ficar por um fio. E aí vai tu, vai você, e às vezes só não vai uma asneira porque me despediam!

Clau disse...

ahahahaha, geralmente o "você" até costuma ser usado quando o nível da conversa descamba. Faz-me sempre lembrar as peixeiradas: Você, sua reles, sua ordinarona que anda enrolada com o MEU marido... esse tipo de coisas... "Você" em putos é do pior, é um destrato, é estar a lidar à distância com os nossos filhos. É horrível. Sim, essas crianças DEVEM aprender que nem todos os humanos (99.9% da população mundial) se tratam assim.Os beijos vêm com o tempo, ou seja, no meu trabalho também havia dois senhores (senhores mesmo, super queridos, simpáticos, etc..) que só davam 1 beijinho. À terceira vez que me cumprimentaram já foi com 2! Ahhh pois é!