segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O rumo é só um

.

Depois do Secretário de Estado (para a juventude, se a memória não falha após o sangramento matinal) é o próprio 1º Ministro a mandar o pessoal embora. Para os jovens, e agora os professores, o futuro sorri, mas num lugar lá longe.

.

6 comentários:

Clau disse...

... e, tal como escrevi no meu blog, ele tem razão. Apenas e só ainda não sabe explicitar bem as ideias. Alguém tem de o ensinar a falar.

Goldfish disse...

A ideia pode até ser boa para as pessoas mas um PM não pode "mandar" os cidadãos de um país embora, não pode incentivar o abandono do país por aqueles que são qualificados, nem pelos jovens (o que o Sec. Estado tinha dito anteriormente). Não é por aí que saímos do buraco em que estamos!

Gata2000 disse...

Acho lindo os governantes mandarem os governados embora, começo a pensar que o problema é eles não saberem como fazer para pôr ordem na casa, se formos todos embora já o $$ chega para eles se orientarem, agora orientar um país inteiro.. isso já são outros 500!

Blondewithaphd disse...

Isto vai lindo, vai!

Goldfish disse...

É isso mesmo, Gata: governantes a mandar quem os elegeu embora! Já o meu avô diz que querem é que os velhos todos morram para não terem de lhes pagar pensões... Agora também não querem os outros!

Blonde, qualquer dia nem os universitários se safam...

Gata2000 disse...

Sabes que eu tenho uma teoria parecida com a do teu avô, mas um pouco mais chocante e arrojada e que envolve velhos, indigentes, desempregados, enfim todos aqueles que hipoteticamente não sejam produtivos e ainda consomem os dinheiros do estado, soa familiar?
Pois...